Ringo Starr: o eterno beatle fanfarrão…

 

IMG_0404    

O Ringo continua sendo Starr a sua maneira: passou boa parte do show como coadjuvante, e desta vez em sua própria banda. Mas apareceu quando tinha que aparecer, cantou as músicas que todos esperavam (eu ainda gostaria de ter ouvido Octupus’s Garden, mas, tudo bem), o que deixou todos os beatlesmanicos (eu inclusive) mto felizes: Honey Don’t (Carl Perkins), Boys, I wanna be your man e, obviamente, with a little help from my friends(nesta mtos foram as lágrimas)/Give peace a chance (não entendi o motivo dele nao mencionar a palavra “beatles”, sempre se refere como “aquela outra banda que eu tocava” – não me pareceu ser babaquice, mas sim problemas legais, será?).

Fez várias de suas piadinhas, sempre com os dois dedos em sinal de paz e amor, e tocou seus sucessos solo e ainda algumas do disco novo (Y not), bom disco por sinal, destaque para a autobiográfica “the other side of liverpool” – uma das executadas no show.

 

 

A parte chata ficou por conta de:

a. No cameras allowed.

b. Não teve Bis (essa eu realmente nao entendi, principalmente por ele ter demonstrado que estava curtindo o show-local)

A atual All Star band é composta por:

(thanks wikipedia)

   Tudo bem que sua All Star Band já teve dias melhores com Billy Preston, Jack Bruce, Joe Walsh e Peter Frampton.. (eu diria até que a atual formação está mais para All – average – Starr Band), mas, o Edgar Winter compensa uma boa parte da parada (e está bem saudável, diferente do irmao, Johnny, outro gênio, que me pareceu bem chumbado no crossroads – em tempo, deveria se fazer um estudo para entender o porquê de albinos terem tanta facilidade para música…)

    Outra boa surpresa foi o Rick “Hang on Sloopy” Derringer, ex-guitarra da (banda de um só sucesso) The McCoys.. mandou muito bem não apenas em Hang on Sloopy – que foi regravada zilhões de vezes, a que eu ouvi primeiro (e como ouvi) foi com Johnny Rivers, no clássico disco JR: 20 Greatest Hits..

JOHNNY RIVERS - 20 greatest hits

A versão original:

 

No final todos foram felizes para casa depois de terem visto os 50% dos Beatles que ainda está por aqui…

Anúncios
Esse post foi publicado em Não categorizado. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Ringo Starr: o eterno beatle fanfarrão…

  1. Ana Martha disse:

    Noosaaa !!! Mal chegou do show , já publicou , hein ??? Legal , mas os meus programinhas que te pedi necas , né ??

  2. camilo lucas disse:

    A primeira versão de “Hang on sloopy” que eu ouvi foi a do Leno & Lilian: “Pooobre menina, não tem ninguém…”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s