Na conta do Eddie Van Halen…

Não sou super fã da banda, ou seja, não conheço muito além dos hits mais famosos. A fase que mais gosto e que acompanhei mais de perto – quase contemporaneamente – com certeza não teria nenhuma música no show (Sammy Hagar), eqto a única fase que realmente acompanhei contemporaneamente (Gary Cherone), não e’ digna de nota, e não me faria ir ao show… mas fui la’ para ver isso:

E so’ isso ja’ valeu o ingresso.

Para minha surpresa a casa, apesar de bem grande, estava cheia. Mas, e’ fato, a banda mostra sinal de que esse e’ seu último trunfo na manga. Noves fora zero a possibilidade de Sammy Hagar + David Le Roth (e pq não, Gary Cherone?) aceitarem fazer uma tour juntos (Extreme de banda de abertura?), a banda nao demonstra ter mobilidade/repertório(hits)/inspiração suficiente para continuar na estrada fazendo grandes estádios/casa cheia depois dessa… Quando digo mobilidade, me refiro a banda estar muito presa a uma fórmula/estereótipo/época, o que não lhe da’ mta margem a novas possibilidades.

Me parece que os cartuchos da banda ja’ foram (bem) gastos: quando a banda entrou na fase de sintetizadores, ou no momento da entrada de Sammy na banda. A própria – falha – tentativa de encaixar (o então contemporâneo) Gary Cherone na banda em meados dos anos 90’s foi uma demonstração bem clara de que ja’ haviam perdido a capacidade de se reinventar.

Mas, afinal de contas, ser contemporâneo/relevante em sua própria época e’ fácil, difícil e’ ser contemporâneo em gerações futuras a sua. Raríssimas as bandas que conseguem isso com algum sucesso – Rolling Stones? U2? Metallica? Pearl Jam? Radiohead?… Conseguir plenamente, desconfio que nenhuma… Se considerarmos tb os artistas, além de bandas, fica um pouco mais fácil – Bob Dylan? Niel Young? Paul Macca? Eric Clapton? Stevie Wonder? Jeff Beck? Talvez… e com os mais variados níveis… ainda assim, não são muitos.

Fato e’ que, independente de tudo isso e indenpendente tb do seu gosto (e no meu caso, como ja’ disse, Van Halen nem e’ das minhas preferidas), Eddie Van Halen, e’ indiscutivelmente um “band guitar man” muito superior aos que normalmente vemos por ai… e garante o ingresso, não tinha como deixar passar… can’t you see what I mean? Jump!

Anúncios
Esse post foi publicado em Não categorizado. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s